A REGIÃO

A Região das Matas de Minas é uma origem produtora
de cafés especiais, composta por 63 municípios,
situada em uma área de Mata Atlântica, no leste do
Estado de Minas Gerais.

Nossa produção é naturalmente sustentável, marcada
pela predominância da agricultura familiar, pelo impacto econômico e social direto e indireto e integração natural entre o homem e a mata, fatores culturais presentes na cafeicultura da nossa região.

Somos pioneiros no que chamamos de qualidade artesanal, o trabalho manual e técnicas desenvolvidas pelos produtores da região para se produzir alta qualidade.
O resultado deste trabalho é uma diversidade de nuances
e sabores diferenciados, presentes nos nossos cafés,
que hoje se destacam nas principais premiações nacionais
e internacionais.

 

DADOS DA REGIÃO

  • Municípios 63
  • Localização Leste do Estado de Minas Gerais
  • Área de produção 275 mil hectares
  • Produtores 36 mil (80% possuem menos de 20 hectares plantados)
  • Empregos diretos 75 mil
  • Empregos indiretos 156 mil

 

QUALIDADE ARTESANAL

Nossos cafeeiros são da variedade Arábica e cultivados
em áreas de topografia montanhosa e irregular, em
altitudes que variam entre 600 e 1.200 metros.

O clima ameno do território, aliado à evolução tecnológica
dos processos artesanais desenvolvidos na região,
resultam em cafés de qualidade artesanal e uma
diversidade de sabores e nuances.

CARACTERÍSTICAS DOS CAFÉS DA REGIÃO

  • Corpo
    De encorpado a muito encorpado
  • Aroma
    Intenso, com notas florais e cítricas
  • Sabor
    Adocicado, com diversidade de sabores cítricos, caramelado e achocolatado
  • Finalização
    Agradável e prolongada
  • Acidez
    Delicada e equilibrada

COMO ESTAMOS ORGANIZADOS

A Região das Matas de Minas é regulamentada pelo:

CONSELHO DAS ENTIDADES DO
CAFÉ DAS MATAS DE MINAS

Somos uma organização sem fins lucrativos, de caráter
representativo, científico, educacional e cultural, formada
por entidades membros e parcerias voltadas ao
desenvolvimento dos cafeicultores, nos 63 municípios
que compõem a área demarcada da região.

NOSSO PROPÓSITO NOSSOS PILARES MEMBROS E PARCERIAS

NOSSO PROPÓSITO

Desenvolver, proteger e promover a qualidade
artesanal, a diversidade, e a sustentabilidade
natural da produção de cafés, tendo sempre
como objetivo o desenvolvimento sustentável
coletivo da Região das Matas de Minas.

NOSSOS PILARES

  • QUALIDADE ARTESANAL

    Desenvolver e valorizar a
    diversidade e a qualidade artesanal
    na produção de cafés na região das
    Matas de Minas, disseminando
    conhecimento e capacitação para
    os nossos produtores.

  • SUSTEN-
    TABILIDADE NATURAL

    Incentivar a integração natural
    entre o homem e a mata,
    promovendo de forma cultural
    a sustentabilidade natural da
    produção de cafés na região.

  • DESEN-
    VOLVIMENTO COLETIVO

    Trabalhar juntos, em parceria,
    promovendo a força do coletivo,
    gerando valor para nossa produção
    e desenvolvimento sustentável para
    sociedade e os negócios da região.

MEMBROS E PARCERIAS

ACIAM
Manhuaçu e Região

Coocafé

Lajinha e Região

Sicoob Credicaf

Lajinha e Região

Sicoob Credisudeste 
Muriaé e Região 

Sicoob União
Raul Soares e Região 

Sicoob Credilivre
Manhuaçu e Região

Sindicato Rural
Manhuaçu e Região

Sindicato Rural
Manhumirim e Região

Sindicato Rural
Lajinha e Região

Sicoob CredCooper
Caratinga e Região

Sindicato Rural
Caratinga e Região

Sindicato Rural
Luisburgo e Região

SCAMG
Manhuaçu e Região

Hanns R. Neumann Stiftung do Brasil
Manhuaçu e Região

PARCEIROS:

CORPOL
EMATER
EPAMIG
FAEMG

IWCA
Prefeitura Municipal de Luisburgo

Prefeitura Municipal de Manhuaçu
SEBRAE

SENAR
UFV

NOTÍCIAS

29/11/2017
Encontro com produtores em Araponga

Produtores rurais de Araponga participaram de uma apresentação do Conselho das Matas de Minas sobre as atividades da entidade em prol da cafeicultura de qualidade na região formada por cafeicultores de 63 municípios.

O encontro, promovido no Salão Paroquial, foi uma iniciativa com apoio da Prefeitura Municipal, através da Secretaria de Agricultura de Araponga. A cidade já é destaque pela sua cafeicultura familiar com alguns dos melhores cafés do país.

Durante o encontro, a técnica do Sebrae-Minas Ereni Emerick, o consultor de cafés especiais Sérgio Cotrim D´Alessandro, o pesquisador e professor José Luiz Rufino e a Secretária Executiva do Conselho das Matas de Minas Amara Alice apresentaram todo o trabalho que é desenvolvido pela entidade.

O encontro apresentou a trajetória do projeto Café das Matas de Minas e a importância do trabalho entorno da produção de cafés de alta qualidade. Ainda foram mostrados os benefícios que a marca pode agregar aos cafés reconhecidos com os padrões de excelência das Matas de Minas.

O Conselho das Matas de Minas participa de diversos eventos para divulgar a marca da região produtora. Um dos objetivos da reunião foi também mostrar aos produtores a vantagens de se produzir Cafés Especiais.

ARAPONGA É DESTAQUE EM CONCURSOS DE CAFÉS ESPECIAIS

Produtores rurais de Araponga são destaque em concursos de cafés especiais. A qualidade da produção deles pode ser potencializada com o trabalho do Conselho das Entidades do Café das Matas de Minas.

O maior concurso de café do Brasil Cup Of Excellence, promovido pela BSCA Brazilian Specialty Coffee Association (Associação Brasileira de Cafés Especiais), contou com 13 amostras finalistas de Araponga num total de 25 na categoria Cereja Descascado, o 2º lugar ficou para o atual prefeito Luíz Henrique Macedo Teixeira (91.87 pontos), e o 3º lugar ficou com o jovem produtor Luís Mauro Araújo Miranda (90.83 pontos). Na categoria Natural o 2º lugar foi para o Paulo Henrique Miranda (92.37 pontos).

No concurso do SENAR MINAS, abrangendo a região das Matas de Minas, na categoria Cereja Descascado, os 3 primeiros lugares são de Araponga:

1º lugar: Simone Dias Sampaio - 89.6 pontos

2º lugar: Valdinei Rezende - 88.7 pontos

3º lugar: produtor Edimar Miranda - 87.5 pontos

Na categoria Natural:

1º lugar: Aimar Izidoro do Carmo - 88.13 pontos

2º lugar: Itamar Miranda - 87.0 pontos.

Na Semana Internacional do Café 2017, o concurso Coffee of the Year, com mais de 150 amostras de café acima de 80 pontos selecionados para a Sala de Cupping&Negócios, elegeu dos dez primeiros colocados quatro cafés de Araponga, sendo o melhor café na categoria arábica de Sandra Lelis da Silva, a primeira mulher a conquistar esse prêmio.

2° lugar: Carlos Sérgio Sanglard

5° lugar: Simone Dias Sampaio

6° lugar: Paulo Henrique Miranda.

No concurso de Qualidade dos Cafés de Minas Gerais, realizado pela Emater, Araponga com 30 finalistas.

 

Autor: Carlos Henrique Cruz

 

CONTATO

Ficou interessado em nossos cafés?
Quer fazer parte da nossa equipe?
Alguma dúvida?

Entre em contato conosco.
info@matasdeminas.org.br

 

Quer utilizar nossa marca em seu evento?
Clique aqui e preencha o formulário.

 

FORMULÁRIO DE REQUERIMENTO PARA USO INSTITUCIONAL DA MARCA "REGIÃO DAS MATAS DE MINAS"