A REGIÃO

A Região das Matas de Minas é uma origem produtora
de cafés especiais, composta por 63 municípios,
situada em uma área de Mata Atlântica, no leste do
Estado de Minas Gerais.

Nossa produção é naturalmente sustentável, marcada
pela predominância da agricultura familiar, pelo impacto econômico e social direto e indireto e integração natural entre o homem e a mata, fatores culturais presentes na cafeicultura da nossa região.

Somos pioneiros no que chamamos de qualidade artesanal, o trabalho manual e técnicas desenvolvidas pelos produtores da região para se produzir alta qualidade.
O resultado deste trabalho é uma diversidade de nuances
e sabores diferenciados, presentes nos nossos cafés,
que hoje se destacam nas principais premiações nacionais
e internacionais.

 

DADOS DA REGIÃO

  • Municípios 63
  • Localização Leste do Estado de Minas Gerais
  • Área de produção 275 mil hectares
  • Produtores 36 mil (80% possuem menos de 20 hectares plantados)
  • Empregos diretos 75 mil
  • Empregos indiretos 156 mil

 

QUALIDADE ARTESANAL

Nossos cafeeiros são da variedade Arábica e cultivados
em áreas de topografia montanhosa e irregular, em
altitudes que variam entre 600 e 1.200 metros.

O clima ameno do território, aliado à evolução tecnológica
dos processos artesanais desenvolvidos na região,
resultam em cafés de qualidade artesanal e uma
diversidade de sabores e nuances.

CARACTERÍSTICAS DOS CAFÉS DA REGIÃO

  • Corpo
    De encorpado a muito encorpado
  • Aroma
    Intenso, com notas florais e cítricas
  • Sabor
    Adocicado, com diversidade de sabores cítricos, caramelado e achocolatado
  • Finalização
    Agradável e prolongada
  • Acidez
    Delicada e equilibrada

COMO ESTAMOS ORGANIZADOS

A Região das Matas de Minas é regulamentada pelo:

CONSELHO DAS ENTIDADES DO
CAFÉ DAS MATAS DE MINAS

Somos uma organização sem fins lucrativos, de caráter
representativo, científico, educacional e cultural, formada
por entidades membros e parcerias voltadas ao
desenvolvimento dos cafeicultores, nos 63 municípios
que compõem a área demarcada da região.

NOSSO PROPÓSITO NOSSOS PILARES MEMBROS E PARCERIAS

NOSSO PROPÓSITO

Desenvolver, proteger e promover a qualidade
artesanal, a diversidade, e a sustentabilidade
natural da produção de cafés, tendo sempre
como objetivo o desenvolvimento sustentável
coletivo da Região das Matas de Minas.

NOSSOS PILARES

  • QUALIDADE ARTESANAL

    Desenvolver e valorizar a
    diversidade e a qualidade artesanal
    na produção de cafés na região das
    Matas de Minas, disseminando
    conhecimento e capacitação para
    os nossos produtores.

  • SUSTEN-
    TABILIDADE NATURAL

    Incentivar a integração natural
    entre o homem e a mata,
    promovendo de forma cultural
    a sustentabilidade natural da
    produção de cafés na região.

  • DESEN-
    VOLVIMENTO COLETIVO

    Trabalhar juntos, em parceria,
    promovendo a força do coletivo,
    gerando valor para nossa produção
    e desenvolvimento sustentável para
    sociedade e os negócios da região.

MEMBROS E PARCERIAS

ACIAM
Manhuaçu e Região

Coocafé

Lajinha e Região

Sicoob Credicaf

Lajinha e Região

Sicoob Credisudeste 
Muriaé e Região 

Sicoob União
Raul Soares e Região 

Sicoob Credilivre
Manhuaçu e Região

Sindicato Rural
Manhuaçu e Região

Sindicato Rural
Manhumirim e Região

Sindicato Rural
Lajinha e Região

Sicoob CredCooper
Caratinga e Região

Sindicato Rural
Caratinga e Região

Sindicato Rural
Luisburgo e Região

SCAMG
Manhuaçu e Região

Hanns R. Neumann Stiftung do Brasil
Manhuaçu e Região

PARCEIROS:

CORPOL
EMATER
EPAMIG
FAEMG

IWCA
Prefeitura Municipal de Luisburgo

Prefeitura Municipal de Manhuaçu
SEBRAE

SENAR
UFV

NOTÍCIAS

27/04/2016
CONSELHO DAS MATAS DE MINAS DISCUTE PARCERIA COM SENAR MINAS.

Membros do Conselho das Entidades do Café das Matas de Minas participaram de reunião de alinhamento das ações do Projeto Café das Matas de Minas, durante a manhã de terça-feira, 19/04. O encontro avaliou a participação na Feira da Associação Americana de Cafés Especiais (a SCAA Annual Show), em Atlanta, nos Estados Unidos, e também traçou uma parceria técnica com o Senar Minas.

Integrantes do conselho participaram mais uma vez da principal feira de cafés especiais do mundo: a SCAA Annual Show, entre os dias 13 e 17 de abril, nos Estados Unidos.

O Diretor Presidente do Conselho, Fernando Romeiro de Cerqueira, esteve presente na feira, com a comitiva da região. As regiões produtoras e as empresas do mundo inteiro expõem as principais novidades ligadas ao café durante o encontro anual da SCAA.

Fernando Romeiro reforçou que a participação em exposições como esta é extremamente importante, pois o país está bastante focado em produzir café de qualidade, além da oportunidade dos participantes trocarem informações sobre a diversidade de grupos produtores, não somente brasileiros como também de outros países.

Outro ponto levantado é que a participação brasileira na feira está cada vez maior, o que comprova o aumento da eficiência dos agricultores do país em produzir café de qualidade. "Vimos na feira que o mercado consumidor mundial está buscando café de qualidade, mas produzido com respeito às legislações ambientais e trabalhistas, com foco também na responsabilidade social. Já demos bons passos, mas precisamos evoluir mais ainda", avaliou.

PARCERIA COM O SENAR

A segunda parte da reunião teve a presença do superintendente do Senar Minas, Antônio do Carmo Neves, ele veio apresentar ao Conselho uma proposta de parceria técnica para levar informações sobre produção de café de qualidade e noções de administração para os produtores rurais.

A ideia é trabalhar com técnicos junto às propriedades que não são assistidas por outros órgãos, atuando na formação gerencial e trabalhando o potencial de cafeicultura de qualidade.

"O Senar Minas é reconhecido pela sua experiência na capacitação profissional no campo. Agora estamos implementando um projeto que vai ao encontro do trabalho do Conselho, que é justamente levar a assistência técnica a grupos de produtores para reforçar a produção de cafés de qualidade", destacou.

Um esboço do cronograma para implantação do projeto começou a ser traçado na reunião e será finalizado pelas entidades parceiras. O modelo deve se agregar ao projeto das Rede de Referência, que já foi criada com os parceiros Emater-MG, Sebrae-MG, cooperativas, associações, sindicatos e a Universidade Federal de Viçosa (UFV).

 

 Autor: Carlos Henrique Cruz

CONTATO

Ficou interessado em nossos cafés?
Quer fazer parte da nossa equipe?
Alguma dúvida?

Entre em contato conosco.
info@matasdeminas.org.br

 

Quer utilizar nossa marca em seu evento?
Clique aqui e preencha o formulário.

 

FORMULÁRIO DE REQUERIMENTO PARA USO INSTITUCIONAL DA MARCA "REGIÃO DAS MATAS DE MINAS"